sexta-feira, 13 de julho de 2018

Intermitente sem trabalho e renda infla estatísticas oficiais de emprego

Intermitente sem trabalho e renda infla estatísticas oficiais de emprego
via CSB

Uma pessoa que assinou contrato intermitente, mas não foi chamada para trabalhar e não recebeu salário é um empregado? Para o governo federal, sim.

Apple libera iOS 11.4.1 com trava contra policiais e espiões

Apple libera iOS 11.4.1 com trava contra policiais e espiões
via TechTudo

A Apple implementou no iOS uma tecnologia que bloqueia o acesso de aparelhos usados pela polícias às informações digitais salvas nos iPhones e iPads. O modo chamado de USB restrito impede a troca de informações caso o celular ou tablet esteja sem uso há mais de uma hora.

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Antonio Neto critica vaias de empresários à retomada do debate sobre a reforma trabalhista

Antonio Neto critica vaias de empresários à retomada do debate sobre a reforma trabalhista
via CSB

Em discurso durante o Encontro da CSB em Bauru (SP), o presidente da Central, Antonio Neto, fez críticas a empresários que estiveram em evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) com pré-candidatos à Presidência da República na última quarta-feira (04). Neto condenou as vaias dos representantes do setor patronal à afirmação feita pelo ex-governador do Ceará Ciro Gomes de que, se eleito presidente do Brasil, trará a reforma trabalhista para o centro das discussões nacionais. Segundo Neto, “a declaração dada por Ciro à CNI é tudo aquilo que nós gostaríamos de dizer” sobre uma reforma que destrói direitos históricos dos trabalhadores.

“O Brasil precisa mudar porque o caos está tomando conta”, diz Ciro Gomes durante evento em Bauru

“O Brasil precisa mudar porque o caos está tomando conta”, diz Ciro Gomes durante evento em Bauru
via CSB


O ex-governador do Ceará Ciro Gomes participou de encontro da CSB São Paulo, nesta quinta-feira (5), em Bauru. O político tratou da conjuntura nacional, geração de emprego e renda, além de oferecer soluções para que o Brasil saia da crise e supere os 13 milhões e 700 mil desempregados do País. O ex-ministro chamou a plateia para olhar o problema “estrutural” do Brasil, que tem solução se as questões forem discutidas e tratadas.  Para o ex-governador, os números do Brasil devem ser ditos e explorados de forma incansável para que se chegue à raiz dos fatos.