terça-feira, 11 de setembro de 2018

Sindpd permanece à espera do Julgamento do TRT sobre a CCT 2018

Sindpd permanece à espera do Julgamento do TRT sobre a CCT 2018
via Sindpd

Seis meses após a entrada do processo no TRT-2, nove rodadas de negociação e duas mesas de conciliação, o Sindpd permanece acompanhando diariamente o andamento da Convenção Coletiva de Trabalho de 2018.

Após a abertura de um prazo de dez dias para que o Sindpd apresentasse os documentos necessários para a continuidade do processo e mais dez para que o Seprosp apresentasse uma réplica à defesa do Sindpd, é o momento de esperar a manifestação do Ministério Público, que não tem um prazo específico para a ação.

O Sindpd aguarda o agendamento de uma nova audiência e o sorteio do desembargador relator.

Até que a decisão final seja tomada, a Convenção Coletiva 2017 da categoria permanece válida e em pleno vigor.

Veja a cobertura das negociações da CCT 2018

Rodada 1: CCT de 2017 é válida até que se firme nova Convenção, decidem Sindpd e Seprosp
Rodada 2: Patronato propõe corte de direitos já consolidados em 2ª rodada da Campanha Salarial 2018
Rodada 3: Negociações avançam, mas acordo da CCT 2018 permanece distante
Rodada 5: Sem acordo, negociação da CCT 2018 segue para a sexta rodada
Rodada 6: Negociação da CCT 2018 volta à estaca zero
Rodada 7: Impasse nas negociações da CCT 2018 permanece, e nova rodada será agendada
Rodada 8: Sem acordo, Sindpd e sindicato patronal marcarão nova rodada de negociação da CCT 2018
Rodada 9: Insistência patronal na retirada de direitos encerra negociação coletiva da CCT 2018
1ª Audiência de conciliação: Tribunal Regional do Trabalho concede mais 30 dias para tentativa de acordo da CCT 2018
2ª Audiência de conciliação: Convenção Coletiva 2018 permanece sem acordo após segunda audiência no TRT

Nenhum comentário:

Postar um comentário