segunda-feira, 26 de março de 2018

Negociação da PLR na Tivit permanece em debate

Negociação da PLR na Tivit permanece em debate
via Sindpd

Na última terça-feira, 20 de março, aconteceu, na sede do Sindpd, a segunda reunião com a comissão dos empregados da Tivit para negociar a proposta de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), com vigência de 2018.

Durante o encontro, o gerente de recursos humanos Allan Fonseca afirmou que alguns dados não foram apresentados ao Sindicato por uma urgência profissional; as informações são necessárias para que a comissão do Sindpd avalie o percentual de atingimento das metas pelos trabalhadores no ano de 2017.

Entre outros temas, foi retomada a discussão ocorrida na primeira reunião referente às alterações das métricas, na qual os representantes da comissão dos empregados e do Sindpd rejeitaram a proposta da empresa de acrescentar uma nova coluna percentual de metas, julgada inalcançável pelo diretor Pedro Luiz Saldanha.

"A comissão não está contente com a proposta que a empresa está apresentando porque não há nenhum tipo de aumento nos índices em relação aos grupos salariais", contou o diretor. "Imaginamos que hoje cheguemos a um consenso porque a demora impacta na empresa, já que se não fecharmos, o valor é pago com abono, ou seja, é taxado com impostos das verbas trabalhistas. Então a empresa tem interesse em fechar".

Estiveram presentes representando o Sindpd o diretor Pedro Luiz Saldanha, os trabalhadores Diego Guilherme de Oliveira Maria (site Eldorado), Lucas Marques da Silva (site GDE), Thiago Luiz dos Santos (site São Jose dos Campos) e José Gilberto Guerrero (site Alphaville), além de Allan Carlo Minervino da Fonseca, gerente de Recursos Humanos, representando a empresa TIVIT.

Nesta segunda-feira, 26, às 14h, será dada continuidade no processo de negociação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário