quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Contra o retrocesso, trabalhadores de Araçatuba aprovam reivindicações da Campanha Salarial 2018

Contra o retrocesso, trabalhadores de Araçatuba aprovam reivindicações da Campanha Salarial 2018
via Sindpd

Em Araçatuba, 300 associados aprovaram a pauta de reivindicação da Campanha Salarial 2018. Na assembleia realizada na última sexta-feira, 08, a categoria debateu com os diretores do Sindpd as cláusulas que serão levadas ao patronal em janeiro.

Com a aprovação da Lei 13.467, o Sindpd pede a união da categoria que será fundamental para a luta contra a retirada de direitos e o retrocesso. Gustavo Magalhães, funcionário da CS, acredita que a pressão para as negociações deve ser muito grande, mas não existe outro meio se não encarar a negociação. "O Sindicato pode continuar atuando como sempre atuou, mas depois da reforma trabalhista a pressão é muito grande, na minha opinião teremos dificuldade para a negociação, porém não tem o que fazer além de sentar e negociar", comentou o trabalhador, que participa das assembleias de pauta anualmente.

"É necessário é que o patronal entenda que a vontade do trabalhador [conforme observado em assembleia] é a continuação da Convenção Coletiva de Trabalho com as cláusulas existentes, além das respectivas modificações que estão sendo propostas", comentou Walter Volpe, diretor da regional.

Volpe, que conduziu a assembleia na cidade, também ressaltou que a reforma tenta iludir os trabalhadores, mas que o Sindicato fará seu papel de representação com excelência e orientará a categoria de como se defender de fraudes montadas pelas empresas utilizando recursos abusivos da nova lei.

O diretor também exibiu o filme "Não há justiça no mundo. A menos que a façamos", material produzido pela categoria para a Campanha Salarial. Logo após a assembleia, os associados participaram de um coquetel, onde foram sorteados cestas de natal, celulares e ingressos para cinema.

Para saber mais sobre a reforma trabalhista e como se proteger, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário