quinta-feira, 3 de agosto de 2017

CSB se reúne com deputado Carlos Marun para discutir pontos da reforma trabalhista

CSB se reúne com deputado Carlos Marun para discutir pontos da reforma trabalhista
via CSB

Nesta sexta-feira (04), a CSB e as centrais sindicais se reunirão com o vice-líder do governo na Câmara, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), para discutir os pontos polêmicos da reforma trabalhista, que serão regulamentados pelo governo por meio de uma Medida Provisória. O encontro é uma iniciativa da CSB e será realizado em São Paulo, na sede do Sindpd, às 10 horas.

Segundo o presidente da CSB, Antonio Neto, é fundamental a articulação com os deputados para diminuir as resistências aos pontos que precisam de ajustes. “O principal ponto a ser discutido é a proibição para as mulheres gestantes e lactantes trabalhem em lugares insalubres, direito que foi revogado com a reforma”, afirma Neto. A reunião integra a estratégia acertada entre as centrais de conversar com os líderes de todos os partidos.

“Importante que o vice-líder do governo tenha demonstrado interesse por iniciar esse diálogo com o movimento sindical. O foco é buscar excluir da Reforma Trabalhista todos os pontos de negociação individual que enfraqueçam o movimento sindical e a negociação coletiva, estes inseridos na reforma por meio dos acordos tácitos, como a jornada 12 por 36 e o banco de horas”, completou o presidente da CSB.

Além destes pontos, também está na pauta da reunião o debate sobre as comissões de fábrica, a prática do trabalho intermitente e autônomo com exclusividade, além de uma discussão sobre a sustentação financeira das entidades sindicais.

A imprensa foi convidada para cobrir o encontro e terá acesso somente para o registro de imagens. No encerramento da reunião, os jornalistas poderão realizar uma coletiva com Carlos Marun e os dirigentes sindicais.

Reunião das centrais com deputado Carlos Marun

Local: Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação do estado de São Paulo (Sindpd)
Horário: 10 horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário