quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Cerca de 800 funcionários da Unisys Brasil aprovam o Acordo Coletivo de Trabalho com melhorias em benefícios

Cerca de 800 funcionários da Unisys Brasil aprovam o Acordo Coletivo de Trabalho com melhorias em benefícios
via Sindpd

O diretor do Sindpd Celso Lopes esteve na sede da Unisys Brasil, em São Paulo, para mediar a assembleia sobre o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) referente a 2017.

Após três rodadas de negociação, a proposta do ACT, que prevê reajuste salarial de 5%, superior ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do período, de 4,08%, foi colocada em votação e aprovada pela maioria dos votos. Os funcionários vão receber ainda o reajuste, retroativo a maio, até dia 21 de agosto.

Para Lucas do Vale, que está na empresa há 1 ano e cinco meses, o acordo foi justo. "Comparado ao que a gente está vivendo economicamente, na minha opinião foi um acordo justo. Valeu a pena sim esse acordo. Mas é o que falei, no momento foi o melhor feito pelo Sindicato. Até fizeram um pouco a mais, porque, pelo que fiquei sabendo ia para 3%, e subiu 2%, achei justo", argumentou o funcionário.

Celso Lopes comemorou o fechamento do acordo, que, mais uma vez, atende às expectativas dos profissionais. "Esse ano tivemos acordos difíceis para fechar, e na Unisys não foi diferente. A cada reunião reforçávamos para a empresa que nosso maior compromisso era com o trabalhador, por isso insistimos nas negociações para chegar ao melhor percentual. Finalmente tivemos a satisfação em reajustar e manter algumas das cláusulas mais importantes para os trabalhadores, como, por exemplo, o auxílio-creche".

O benefício, que também teve ajuste ao mesmo percentual do salário , contempla mães, pais e mães adotantes que tenham filhos de até 7 anos de idade com o valor de R$345,90. Os cerca de 800 funcionários da Unisys também serão beneficiados com o aumento do vale-refeição, que passou para R$ 32,73 diários para jornada de 40 horas semanais e R$ 27,29 para os profissionais que atuam em jornada de 36 a 30 horas.

Sem alteração em relação ao ACT anterior, os profissionais que trabalharem aos domingos e feriados vão receber hora extra com adicional de 100% sobre o valor da hora regular.

O diretor do Sindpd garante o engajamento constante para melhorar cada vez mais o ACT. "Algumas cláusulas não sofrerem alteração, porém o Sindicato vai continuar analisando junto com a empresa para que no próximo acordo ainda tenha mais benefícios e vantagens para os trabalhadores", comentou Celso Lopes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário