quinta-feira, 13 de julho de 2017

“O momento é de cautela. TI é uma profissão diferenciada”, diz presidente do Sindpd

“O momento é de cautela. TI é uma profissão diferenciada”, diz presidente do Sindpd
via CSB

Ao profissional de TI de São Paulo, o recado do presidente do Sindicato dos trabalhadores de São Paulo, Sindpd/SP, Antônio Neto, é o de manter a calma e evitar precipitações. “TI é uma profissão diferenciada. Não entendo a jornada intermitente sendo adotada na categoria e a nova fórmula da terceirização é por prestação de serviços ao invés do body shop, o que vai inibir a pejotização”, sustentou o sindicalista, em entrevista ao portal Convergência Digital.

Cauteloso – apesar de achar a Reforma Trabalhista um desmonte dos direitos adquiridos pelos trabalhadores – Neto diz que é preciso, agora, aguardar a sanção da legislação para saber se o acordo firmado entre o presidente Michel Temer e o Senado federal será mantido e itens como a própria jornada intermitente ser mais clarificada. “Entendo a jornada intermitente mais para eventos, bares, restaurantes. Não vejo para a TI que é altamente especializada”, reitera.

Com relação aos próximos passos, o presidente do Sindpd/SP diz que será necessário sentar à mesa com o sindicato patronal – SEPROSP – para fazer vale a Convenção Coletiva. “Temos que aproveitar os próximos 120 dias para especificar mais a questão do teletrabalho, mas já há cláusula na Convenção Coletiva sobre o teletrabalho. E temos também que levar em conta que o acordado vai valer sobre o legislado. Temos que construir algo melhor”, completou Antonio Neto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário