segunda-feira, 15 de maio de 2017

Sindpd organiza delegação para a marcha do dia 24 de maio em Brasília

Sindpd organiza delegação para a marcha do dia 24 de maio em Brasília
via Sindpd

A Diretoria do Sindpd iniciou os preparativos para a marcha unificada que será realizada em Brasília no próximo dia 24 de maio. Organizada pela CSB, entidade à qual o Sindpd é filiado, e pelas demais centrais sindicais, a ação visa pressionar os parlamentares pela derrubada dos projetos que representam prejuízos à classe trabalhadora.

Para defender os trabalhadores de todo o País e impedir os retrocessos para a categoria de TI, o Sindpd abriu as inscrições àqueles que quiserem participar da delegação que irá a Brasília. A concentração em São Paulo acontece no dia 23 de maio, na sede do Sindpd - Avenida Angélica, 35. A saída dos ônibus está prevista para as 20h e o retorno acontece no dia 24 de maio, logo após a manifestação.

Os interessados em participar da marcha deverão encaminhar um e-mail para sindpd@sindpd.org.br informando Nome, RG, CPF, Telefone, E-mail e Empresa em que trabalha. As inscrições poderão ser feitas até o dia 19/05. Para confirmar a participação, é preciso aguardar a confirmação por e-mail ou telefone.

A marcha faz parte de uma agenda de mobilizações organizada pelas centrais sindicais no Brasil. "Diante de um cenário político que propõe corte de direitos, a mobilização dos trabalhadores de todo o País é fundamental. A união se faz necessária para garantir os direitos trabalhistas e previdenciários, ameaçados pelas reformas que estão em curso no Congresso Nacional", enfatizou Antonio Neto, presidente do Sindpd e da CSB.

Reflexos para o setor de TI

Para os trabalhadores de tecnologia da informação, a luta contra as reformas, principalmente a que trata das relações trabalhistas, é extremamente necessária. O substitutivo ao PL 6787/16 precariza as relações de trabalho, incentiva terceirização indiscriminada e promove a pejotização no setor de TI.

Ao enfraquecer e desestimular a maior conquista da classe trabalhadora, que é a CLT, as medidas não apenas deixam os trabalhadores desprotegidos perante a Lei, mas também estimulam a contratação através de mecanismos precários, como o trabalho intermitente, a terceirização indiscriminada, a pejotização e as fraudes através de cooperativas.

Informações - Marcha de dia 24 de maio

Data: 24 de maio

Local: Brasília - Estádio Mané Garrincha, às 11h

Concentração para os trabalhadores de TI em São Paulo: Dia 23 de maio, às 20h, na sede do Sindpd - Avenida Angélica, 35.

Inscrições: encaminhar um e-mail para sindpd@sindpd.org.br informando Nome, RG, CPF, Telefone, E-mail e Empresa e aguardar a confirmação de participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário