quinta-feira, 4 de maio de 2017

Agentes penitenciários protestam contra reforma da Previdência em Brasília

Agentes penitenciários protestam contra reforma da Previdência em Brasília
via CSB

Agentes penitenciários acampados em frente ao Congresso Nacional protestaram nesta terça-feira (2) contra a falta de diálogo do governo a respeito da reforma da Previdência (PEC 287/2016). O grupo reivindicou a inclusão da profissão na lista de “categorias de risco”, que no novo texto têm direito à aposentadoria especial.

“A categoria lida com estresse, presos, ataques, tudo isso diariamente. Está até em mais risco do que os policiais”, pontuou o presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema Pela do Estado de Goiás (SINSEP-GO), Daniel Alves de Lima.

Cansados da falta de respostas, cerca de 500 agentes, de acordo com informações da Polícia Militar, decidiram deixar o Congresso por volta das 15h e ocupar o prédio do Ministério da Justiça (MJ). Segundo informações do portal G1, às 16h40, equipes da Força Nacional cercaram o prédio do MJ.

“O resultado da reunião é que o governo se comprometeu a não fazer oposição se a gente conseguisse algum partido para fazer destaque incluindo os agentes penitenciários de forma especial na reforma da Previdência, é lógico que de forma análoga às condições de aposentadoria dos policiais”, informou o presidente do Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do Distrito Federal (Sindpen DF), Leandro Allan Vieira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário