quarta-feira, 31 de maio de 2017

"A PLR é um dos benefícios mais desejados pelos colaboradores", afirma Fátima Raizaro, da Rakuten Brasil

PLR é um dos benefícios mais desejados pelos colaboradores Fátima Raizaro Rakuten Brasil
via Sindpd

No dia 25 de maio a diretora Sue Ellen Thomasini Naka esteve em reunião com a comissão de trabalhadores na sede da Rakuten Brasil Internet Service para a apreciação da proposta de Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR) apresentada pela empresa.

A renovação do acordo é referente ao período de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2017. Mediante o atendimento das métricas estabelecidas entre a empresa e os trabalhadores, o pagamento da PLR será realizado em uma parcela no mês de fevereiro de 2018 a 132 profissionais de Tecnologia da Informação.

"A PLR é um dos benefícios mais desejados pelos colaboradores. Além de ser um direito social, a Participação nos Lucros e/ou Resultados pode fortalecer e aumentar índices de produtividade e satisfação no trabalho", analisa a gerente de RH da Rakuten Fátima Raizaro. "A equipe de comissão formada representa várias áreas da nossa empresa. A Rakuten prioriza um ambiente de trabalho baseado no Shugi - conceito de valores e crenças - compartilhado globalmente pela empresa. Buscamos harmonia, respeito, um clima organizacional que favoreça a motivação de todos e o alcance de resultados. PLR é uma consequência", afirma a trabalhadora.

A comissão dos empregados é composta por Damaris Desire dos Santos, Vitor Felipe Carrasco e Adrielle Oliveira Alves Goulart.

Nenhum comentário:

Postar um comentário