sábado, 29 de abril de 2017

Em reunião com representantes da Prodam, Sindpd empenha esforços contra a extinção da empresa

Em reunião com representantes da Prodam, Sindpd empenha esforços contra a extinção da empresa
via Sindpd

Nesta quinta-feira, 27, o presidente do Sindpd, Antonio Neto, e o vice-presidente João Antonio Nunes estiveram na sede da Empresa de Tecnologia e Comunicação do Município (Prodam), para uma reunião emergencial sobre a aprovação de uma emenda anexada ao projeto de lei 179, que prevê a extinção da Prodam até o ano de 2018.

A emenda - cujo objetivo é a extinção da Prodam - foi aprovada na quarta-feira, 26, junto com o projeto de lei que libera a criação de nova empresa pública, a SP Negócios, que deverá conduzir a desestatização no município. O projeto segue agora para sanção do prefeito João Dória.

A iniciativa provocou inquietude e o Sindpd foi até a Prodam para conversar com o presidente e o vice-presidente da Prodam, Rogério Igreja Brecha Junior e Flávio Ricardo Beall, consecutivamente, e com as representações do Conselho de Representantes dos Empregados (CREP) e DIPAR.

Para o presidente do Sindpd, a campanha feita por alguns vereadores contra os serviços prestados pela Prodam e seus profissionais exige a máxima atenção da categoria. "É grave e isso está promovendo a indignação dos trabalhadores da Prodam, que há décadas presta serviços de alta importância para São Paulo, que são verdadeiros instrumentos de gestão", afirmou.

Sobre as declarações do vereador Fernando Holiday (MBL/DEM), Antonio Neto foi incisivo. "Difamar os servidores é uma afronta. A Prodam é integrada por funcionários que fizeram a empresa séria e estruturada que encontramos atualmente no serviço público", disse.

Apoio da categoria

A proposta, de acordo com João Antonio Nunes, é levar a questão para o prefeito João Dória. "O prefeito deve vetar essa emenda", avaliou. "Além de vetar a emenda, nós vamos manifestar, da forma que for possível, o repúdio dos mais de 900 trabalhadores da Prodam a essa ação".

Com quase meio século de serviços prestados ao município, entre as responsabilidades da Prodam estão a implantação e modernização de sistemas informatizados de gestão e no fornecimento de infraestrutura de telecom, dirigidos principalmente para a automação da gestão pública, geoprocessamento, aplicações para as áreas de educação, saúde, esporte, cultura, além de acompanhar diferenciados processos administrativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário