quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Pauta da Campanha Salarial 2017 é apresentada à categoria durante a SindpdFest

Sindpd Pauta da Campanha Salarial 2017 apresentada categoria SindpdFest
via Sindpd

O Sindpd deu início oficialmente à Campanha Salarial de 2017 com a apresentação da pauta de reivindicações à categoria durante a SindpdFest. Ocorrida na noite do último sábado (26), em São Paulo, a 20ª edição da SindpdFest foi a maior festa já realizada pelo Sindicato para os trabalhadores de TI. Mais de 10 mil pessoas puderam aproveitar os shows musicais e a confraternização, mas também se informaram sobre as lutas que serão travadas pelo Sindpd na negociação salarial para o próximo ano.

A Campanha Salarial terá como principal reivindicação o reajuste salarial com aumento real, ou seja, acima da inflação do período. Outra importante bandeira que será defendida pelo Sindpd será a redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais sem a diminuição proporcional de salários. A pauta também terá espaço para a melhoria de benefícios sociais, como plano médico e odontológico integrais e pagamento de vale-alimentação em conjunto com o vale-refeição.

Ao abrir a SindpdFest, o presidente do Sindicato, Antonio Neto, destacou a importância de toda a categoria estar unida neste começo de mais uma Campanha Salarial. "Temos trabalhadores de mais de 500 empresas aqui. São representantes de 142 cidades, o pessoal das regionais, para uma noite maravilhosa", salientou o dirigente.

"Estamos pedindo a redução da jornada para 30 horas sem redução de salário, aumento real, assistência médica integral. Eu quero ouvir um grito grande: o que é que a gente quer? Aumento de salário", afirmou Neto, sob aplausos dos trabalhadores. "Já estamos realizando as assembleias, são 14 em todo o estado. Estamos juntos, organizados e muito felizes na luta e nas conquistas", completou.

Repercussão positiva

Entre os trabalhadores que participaram da SindpdFest, foi bastante positiva a repercussão sobre o lançamento da Campanha Salarial. Para os profissionais de TI, as reivindicações do Sindicato são uma garantia de melhores condições para a categoria.

A trabalhadora Miriam Cesário, funcionária da Prodesp há 26 anos, destacou a importância da luta pela redução da jornada para 30 horas semanais como forma de proteger a saúde dos profissionais de TI, que estão envolvidos diretamente com rotinas estafantes à frente de máquinas e computadores. "A gente vê nas empresas, junto ao serviço médico, que a LER tem tomado conta dos funcionários. Espero que essa conquista nós alcancemos", salientou.

Funcionária da Totvs Agro em Assis, no interior do estado, a trabalhadora Luciane Romão Balista viajou até a capital para participar da SindpdFest e também achou essencial que o Sindicato tenha incluído na pauta o pedido de reajuste com aumento real de salários. "Isso é importante porque neste ano a gente sentiu muito a crise, os produtos nos supermercados subiram. É importante que o Sindicato lute por isso [pelo aumento salarial acima da inflação]", salientou.

Associado do Sindpd há seis anos, Sandro Rogério de Araújo, funcionário da Sonda IT, também destacou a importância de o Sindicato estar ao lado dos trabalhadores neste momento de crise do País. "A avaliação que faço é positiva, mesmo com essa crise que nosso País está passando o sindicato dá um suporte muito bom. Eu espero que 2017 venha com muita vitória para nós trabalhadores", ressaltou.

Próximos passos

Após a apresentação da pauta à categoria, as reivindicações passarão pelo crivo dos trabalhadores de TI em 14 assembleias que serão realizadas em todo o estado. A última delas ocorrerá no dia 10 de dezembro, na sede do Sindpd, na capital.

Depois disso, a pauta será apresentada ao sindicato patronal para que, em janeiro, sejam iniciadas efetivamente as negociações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário