quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Trabalhadores da Prodam aprovam Projeto Piloto de Teletrabalho

Sindpd Trabalhadores da Prodam aprovam Projeto Piloto de Teletrabalho
via Sindpd

Em assembleia realizada no dia 21 de outubro, os funcionários da Prodam aprovaram o Projeto Piloto de Teletrabalho proposto pela empresa. Por enquanto, quinze funcionários vão participar.

O modelo de trabalho em casa, comum em algumas empresas, consta na cláusula 28ª da Convenção Coletiva de Trabalho do Sindpd e é regido também pela Lei 12.551/2011, que determina que as atividades realizadas pelos empregados em casa não se distinguem do trabalho no estabelecimento da empresa.

Para Mauricio da Rocha Pereira, o projeto é um benefício. "Olha, existem muitos trabalhadores que têm interesse em trabalhar em casa, seja porque têm filhos, dificuldade de locomoção ou até mesmo porque têm melhor concentração, e isso é um benefício. Mas o fundamental para a empresa é que o trabalho dele possa ser realizado em casa, que não haja necessidade da presença física do trabalhador, como contato com o público", disse o funcionário da Prodam.

É a primeira vez que a companhia adere ao sistema de teletrabalho. De acordo com Edison Galli, a previsão é de que o acordo entrará em vigência ainda esse ano. "Uma equipe de 7 pessoas estará acompanhando e avaliando o projeto. Esperamos que passe de Projeto Piloto para definitivo, pois a receptividade por parte dos empregados foi excelente", argumentou o diretor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário