quinta-feira, 7 de julho de 2016

Renovação de acordo de PLR na Cadmus beneficia 172 trabalhadores

Renovação de acordo de PLR na Cadmus beneficia 172 trabalhadores
via Sindpd

Os trabalhadores da Cadmus Consultoria em Informática aprovaram, no dia 6 de julho, acordo de PLR referente a 2016. A renovação do acordo simboliza, segundo o diretor Edison Galli, que intermediou a negociação, o compromisso do Sindicato em garantir o benefício para os trabalhadores de TI.

A acordo contemplará 172 pessoas e será pago nos dias 23 de setembro de 2016 e em 24 de março de 2017, desde que atendidas as métricas estabelecidas no documento. "Faz alguns anos que fazemos este tipo de acordo com a empresa e, desde a primeira vez, conseguimos estabelecer um bom relacionamento entre os trabalhadores e a Cadmus", afirmou o diretor Edison Alexandre Galli.

Para Priscila da Silva Canas, analista administrativo há quase cinco anos na Cadmus e membro da comissão de trabalhadores pelo terceiro ano consecutivo, a negociação foi transparente. "[A atuação do Sindpd] é sempre boa. Eles explicam bem para a gente como é que funciona, convidam a gente para as reuniões, é sempre um acordo bem claro", relatou. Participaram da reunião cerca de quinze pessoas.

Canas afirma ainda que a PLR dá entusiasmo para conhecer a empresa e auxiliar no alcance das metas. "Costumo usar para lazer. O dinheiro vem e, como não estamos contando com o dinheiro mensal, com a remuneração que a gente recebe, a gente aproveita para viagens e coisas do tipo", contou.

A analista administrativo Bruna Araújo Antunes, que trabalha há 11 anos na empresa e participa desde o primeiro acordo de PLR como membro da comissão de trabalhadores, elogiou o incentivo do Sindicato dado aos trabalhadores para participar da aprovação. "Fica tudo muito claro para os funcionários e todo mundo acaba participando, o que é muito bom. Para mim foi ótimo e não teve nenhum lado negativo", afirmou.

"A PLR é importante porque ajuda com várias despesas de uso pessoal. Não podíamos fazer tal viagem no fim de semana porque estávamos sem dinheiro, agora vai e utiliza para fazer; ou até para fazer um investimento", completou Bruna Antunes. A comissão de trabalhadores também foi composta por Luana Aparecida Moraes da Silva e Vanessa Carvalho de Souza. O diretor Celso Lopes esteve presente na negociação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário