sábado, 23 de julho de 2016

Com aprovação dos trabalhadores, acordo de PLR é firmado na Sabre

PLR Sabre Sindpd
via Sindpd

Em setembro, os funcionários da Sabre International poderão contar com um auxílio extra. Graças à renovação do acordo de Participação nos Lucros, aprovado no último dia 20 (quarta-feira), sessenta e quatro pessoas terão direito à PLR. Com a primeira parcela prevista para 30 de setembro, a segunda parte do pagamento - que diz respeito ao ano vigente - deve ser concluída em março de 2017.

Para os trabalhadores de empresas nas quais a PLR já é realidade, a renovação representa a continuidade de uma parceria vitoriosa - empresa e empregado caminham na mesma direção e batalham por um objetivo em comum. "Quando o funcionário se sente participando do atingimento das metas, a empresa e os funcionários só têm a ganhar. A PLR é uma conquista importante para todos os trabalhadores da categoria, e a gente fica muito satisfeito de poder concretizar esse plano", afirma Taisa Fernanda Chedid, que atua como analista de recursos humanos na Sabre.

Encontrar o equílibrio entre os interesses da categoria e a realidade oferecida pelas empresas é uma das atividades fundamentais da Diretoria. Para Edison Alexandre Galli, manter um bom relacionamento com os trabalhadores é o primeiro passo para atender às necessidades da categoria. "É preciso estar estar próximo para ouvir e agir em prol do trabalhador. Essa é a prorrogativa principal do Sindpd - representar os interesses dos funcionários e lutar para que a realidade do profissional de TI seja melhor a cada dia", ratifica.

Silvia Lucia de Toledo, que trabalha na Sabre há 25 anos, aprova a relação do Sindicato com os funcionários da empresa. "É muito bom, [o Sindpd] tem nos ajudado bastante todos os anos, nos ajudando a fazer o acordo [de PLR] e vindo aqui sempre quando a gente precisa. Eles nos dão grande suporte", analisa Silvia, que também é associada. "A gente sempre foi bem próximo, temos uma relação muito boa e [o Sindicato] sempre auxiliou no que foi preciso, em tudo que a gente precisou", corrobora a trabalhadora Taisa Chedid.

Na ocasião, Galli esteve reunido com Ivete Antoniazzi, Rebeca Thomaz de Carvalho e Rosângela Rossatti Silva, membros da comissão de empregados. Formada por Silvia Lucia de Toledo, Taisa Fernanda Chedid e Maria Elisa Ferreira da Costa Carneiro, a comissão de representantes da empresa também participou da negociação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário