quinta-feira, 2 de junho de 2016

Sindpd garante acordos de PLR para trabalhadores de TI de São Paulo

Sindpd acordos PLR trabalhadores TI São Paulo
via Computer World

O Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo (Sindpd) firmou acordo que garante o pagamento da PLR (Participação nos Lucros e/ou Resultados) aos profissionais da categoria no estado. De acordo com a entidade, só nos primeiros quatro meses de 2016, cerca de 320 acordos foram firmados entre o sindicato e empresas do setor, o que beneficiou aproximadamente 30 mil trabalhadores.

“A defesa da PLR tornou-se uma das prioridades do Sindpd, sobretudo neste momento em que a crise econômica também causa reflexos no segmento”, indica a organização. Antonio Neto, presidente do Sindpd, cita que o argumento usado reside na tentativa de mostrar às empresas que o pagamento do benefício é um fator de estímulo ao trabalhador e que colabora para a retenção de talentos.

"O cenário realmente está mais difícil, mas o volume de acordos já fechados com as empresas neste ano revela que estamos empenhados em garantir aos trabalhadores esse importante direito que é a PLR", afirma. O sindicato diz que conseguiu incluir na Convenção Coletiva de Trabalho, a partir de 2015, a obrigatoriedade de que todas as empresas do setor, independentemente do número de funcionários, apresentem propostas de negociação para o pagamento do benefício.

Segundo a entidade, antes, apenas empresas maiores eram obrigadas a cumprir essa regra. A mudança elevou de maneira expressiva o número de profissionais que passaram a ser beneficiados. Ao longo de 2015, mais de 1,2 mil acordos de PLR foram fechados entre o Sindicato e companhias do setor. Com isso, aproximadamente 100 mil trabalhadores receberam o benefício, um número 105% superior do que o total do ano anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário