sábado, 21 de novembro de 2015

Representantes do Sintap debatem consignações e diferença salarial com Seges

Sintap consignações Seges
via CSB

Nesta segunda-feira (16.11), às 16h30, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap) Diany Dias, o vice-presidente da mesma entidade, Francisco Aurélio e o assessor jurídico, João Celestino, reúnem-se com o gestor da Secretaria de Estado de Gestão, Júlio Modesto. Em pauta o Decreto 303/2015, que disciplina as consignações facultativas em folha de pagamento, entre elas o desconto sindical. O grupo aproveita a reunião para inserir questionamento sobre a diferença para menos do que deveria ser pago de correção salarial pelo INPC, a ser paga no mês de novembro aos servidores.

O vice-presidente da entidade explica que, no caso do Decreto das Consignações a atenção especial será quanto ao Art. 4º, que indica, dentre as consignações compulsórias, as mensalidades para os sindicatos e associações representativas de classe. Já quanto à questão da reparação salarial, ele indica que é urgente a atenção do Governo do Estado quanto ao pagamento da reparação em 3,11% e não em 3,02 como tem previsão de ser feita no fim desse mês. De acordo com Chico o índice de reparação foi de 6,22% no total e dividido em duas vezes de 3,11%. Contudo, no último acerto do índice, a ser feito este mês já existem informações de que será pago apenas 3,02% no salário dos servidores e a categoria já está apreensiva. Por isso é necessário que o Sintap intervenha o quanto antes para evitar esse pagamento menor e garantir o direito dos servidores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário