segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Funcionários da Muve Digital validam ponto por exceção, jornada flexível e fracionamento de férias

Muve Digital
via Sindpd

Na última quinta-feira, 10, os trabalhadores da Muve Digital S/A aprovaram a instituição de novas condições de trabalho, que incluem ponto por exceção, jornada flexível e fracionamento de férias. Validadas durante assembleia deliberativa na sede da empresa, em São Carlos, as medidas vigoram até maio de 2016.

De acordo com o diretor da regional do Sindpd em Araraquara, Daniel Forini, o ponto por exceção - cuja meta principal é facilitar a entrada e saída dos profissionais, bem como as ocorrências de trabalhos externos - representa importante alternativa para a rotina diária dos funcionários. "Essa opção dispensa a anotação do tempo de descanso, por exemplo, é isto é extremamente positivo para o trabalhador, pois os ajuda a maximizar o período de descanso para coisas afins, como relaxamento e alimentação; tempo que talvez fosse gasto com as longas filas para marcar os cartões durante os intervalos", ressaltou.

O funcionamento do sistema consiste no registro automático da carga horária estabelecida em contrato, sendo que as todas as ocorrências para além deste limite (hora extra, atraso, falta e etc.) devem ser computadas para análise posterior. Com o objetivo de valorizar a autonomia do profissional, a aprovação da jornada flexível representa grande avanço para a lógica corporativa. A modalidade permite que o funcionário possa configurar jornadas de trabalho com horários de entrada e saída mais maleáveis, respeitando, evidentemente, os horários pré-estabelecidos de presença inegociável. Quanto ao fracionamento de férias, a Consolidação das Leis do Trabalho permite a divisão, em casos excepcionais, desde de que um dos períodos não seja inferior a dez dias corridos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário